Humor (con)sanguíneo

Em acesa picardia fraternal via messenger, tento impressionar o irmão com a história da endoscopia. Ele não se deixa abalar e pede-me pormenores, muitos pormenores sobre o que vi e o que não vi. Estamos nisto durante alguns minutos até que eu, num verdadeiro volte-face, falo-lhe nas análises que tive de fazer, que foi tirar sangue até me doer a veia. O irmão responde-me com um "Ohhh... já caí ao chão... a imagem de uma agulha espetada...", seguido de várias linhas com reticências. Desfiro o golpe fatal ao sugerir tirar uma fotografia ao braço e enviar-lha: "NÃO!!!!!", "Vou desligar".
publicado por outrosdias às 10:20
link do post