Pepino para que te quero

Quando apareceram os primeiros casos de contaminação pela bactéria E. Coli, os consumidores deixaram de comprar pepinos, tomates e outros legumes que normalmente são comidos crus. Os produtores, em desespero pela queda das vendas, resolveram oferecer estes legumes como forma de mostrar que o seu consumo era seguro. Passámos então a ver as mesmas pessoas que tinham renunciado ao lado vegetariano das suas dietas a saírem dos supermercados carregadas de caixas e de sacos a abarrotar de coisas verdes e vermelhas.

Moral da história? A bactéria pode meter medo, mas se for de borla, já não assusta ninguém...

the x marks the day:
publicado por outrosdias às 14:44
link do post