...

assusta-me a possibilidade de querer mais da vida do que aquilo que, efectivamente, virei a ter. tenho medo de não saber reconhecer o momento, o turning point, em que devo desistir e assumir a derrota, em vez de continuar a lutar ingloriamente contra moinhos de vento em batalhas sucessivas e desgastantes.

assusta-me ser confrontada com isso, com o momento-limite, e não ser capaz de o aceitar.

the x marks the day:
publicado por outrosdias às 14:00
link do post