É por isto que não gosto do fim do Verão (nem do Outono, nem do Inverno)

As bicicletas estão arrumadas, penduradas na parede. A areia do carro foi aspirada. Os dedos dos pés encolhem-se nas sandálias. Está frio de manhã e ao fim do dia. Quando vou à quase-casa-nova, já não tenho luz suficiente para constatar de imediato que o construtas-man não pôs lá os pés. Os pêssegos já não sabem ao mesmo. Não consigo dormir destapada nem andar nua pela casa. A água do duche está mais quente. As janelas abertas trazem vento. Vi castanhas à venda. O terror das prendas, almoços e jantares de Natal já me assaltou de relance. Só escolho a roupa depois de saber que temperatura vai fazer nesse dia. Não me posso esquecer de levar o edredon de Inverno para a lavandaria. Às vezes pingo do nariz.

the x marks the day:
publicado por outrosdias às 15:27
link do post