Shots

1.
Aqui há tempos, parti um copo de um conjunto novo, antes ainda de o estrear. Mesmo sabendo da história, a Mãe ofereceu-me uma travessa rectangular que não utilizava. De nada valeu dizer-lhe que era boa demais para mim. Vista Alegre, parece-me.

2.
É tão ténue a linha entre a loucura e a sanidade. E tão, mas tão fácil passar de uma margem para a outra (e tão difícil não o fazer). Às segundas-feiras, principalmente.

3.
A minha vida bloguística anda pelas ruas (ou será pelos links?) da amargura. Chamo-lhe bloqueio artístico. Sempre é mais fino do que falta de tempo.

4.
Dói-me a cabeça. Como explico aos comprimidos que engulo que devem atacar as enxaquecas e não provocar-me diarreia?

5.
Sabem como se arranja uma tendinite?
Sabem como se arranja uma tendinite no ombro?
Sabem como se arranja uma tendinite no ombro esquerdo não se sendo canhoto?

O marido sabe.

6.
Depois de ter oferecido ao computador um monitor e um gravador de DVD novos, o fulano obrigou-me a substituir-lhe a placa gráfica e um dos discos. No fim, descobri que, afinal, o problema dele é a motherboard.

7.
Um ano após a exodontia do siso inferior esquerdo, telefonam-me da clínica dentária a lembrar-me que está na altura de fazer uma consulta de revisão. Apesar do interesse económico inerente, o gesto parece-me tão nobre que vou mesmo lá voltar.

8.
Consegui desmanchar e voltar a montar um quebra-cabeças de madeira, em forma de cubo, oferecido ao irmão. Nível de dificuldade máximo e óptimo exercício para aquecer as mãos. Esqueci-me foi de ir dormir.

9.
Um provável dia de ponte para muita gente é, de certeza absoluta, o pior dia para ir à Loja do Cidadão. Trezentas pessoas à minha frente chegam-me para dar meia-volta e ir para casa. Não precisavam de se esforçar tanto.
publicado por outrosdias às 11:11
link do post