"Sente-se bem?"

Três anestesias de olhos fechados. Uma língua que só é metade minha, uma bochecha que devo ter pedido emprestada. Luvas que entram em acção, pedindo ferramentas estranhas. Rápido, sem hesitar. Um, dois, três, e já está.

Assim.

Dedos goela abaixo e inquilino despejado.

Um bloco enorme, gigante. Não só pelo tamanho, mas por ser invulgarmente maior em comparação com os vizinhos. E com três raízes.

"Só cinco por cento da população é que tem dentes do siso com três raízes", ouço.

Uau. Boca cheia de sangue, a esbanjar nervos que não me cabem nos bolsos, mas parte de uma elite.

(cinco por cento é quase uma raridade, não acham?)

Um, dois, três, e já está.
Tão simples, tão simples que a seguir fui ao IKEA comprar uma cozinha nova.

(o vício é uma coisa terrível)
sinto-me: desdentada
the x marks the day: ,
publicado por outrosdias às 15:55
link do post | ver comentários (2)