Polímero para que te quero

As senhoras das caixas registadoras da grande superfície comercial que dá pelo nome de *****

(e que também é responsável por aquela musiquinha idiota "é fácil, é como encontrar um trevo na tromba de um elefante!!")

deviam aprender a ensacar melhor as compras. Alguém tem de lhes dizer que num único saco cabem, no mínimo, duas ou três coisas e que não vem nenhum mal ao mundo se, por exemplo, juntarem os pacotes de leite com os frascos de doce ou o detergente da loiça com os chinelos da praia.

É que a quantidade de plásticos que trago para casa já começa a ser um atentado ambiental.

Além disso, qualquer dia não tenho onde guardar tanta sacaria, que o lixo que produzo não chega para dar vazão àquilo tudo.
the x marks the day: ,
publicado por outrosdias às 14:01
link do post